FANDOM


P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG

Colégio Técnico – COLTEC

Biologia – Rosilene Siray Bicalho

Geografia – Eliano de Souza Martins Freitas

1º Ano - 2013


RELATÓRIO DE CAMPO








COMPONENTES DO GRUPO:

  • Ana Carolina Campos

  • Eduardo Torres Júnior

  • Gabriela Pereira Braga

  • Juliana Souza Silveira

  • Leonardo Luiz de Salles Alves

  • Maria Clara Mendes Batista




PROFESSORES RESPONSÁVEIS:

  • Eliano Souza Martins Freitas

  • Rosilene Siray Bicalho

P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

SUMÁRIO


Introdução ........................................................................................................................... 3

Parada 1 ….......................................................................................................................... 4

Parada 2 ….......................................................................................................................... 6

Parada 3 ….......................................................................................................................... 8

Trabalho com imagens ....................................................................................................... 10

Conceitos Biológicos …..................................................................................................... 15

Conclusão …....................................................................................................................... 24


Introdução


Nesta pesquisa, ao fazermos uma visita orientada ao Parque das Mangabeiras, em Belo Horizonte, realizamos um trabalho de observação e reconhecimento dos biomas. Foram- nos apresentados conceitos biológicos e proposto um trabalho de reconhecimento dos mesmos por meio de fotografias, estas presentes neste relatório. A visita foi dividida em paradas, nas quais era necessario fazer um observacão minuciosa para, posteriormente, fazer uma descrição da mesma. Era necessário também relacionar as paradas com as fotografias feitas pelo grupo e com os biomas brasileiros.

P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

Parada 1


A parada 1 foi caracterizada, ao nosso ver, por árvores com troncos retorcidos, de pequeno e médio porte, espaçadas e de troncos com casca grossa. Observamos também uma vegetação rasteira e mata heterogênea. Diante de tais observações, concluímos que a região é típica de Cerrado. O clima é tropical de altitude, pois tivemos a percepção de que este é ameno e de que havia muita incidência solar, pela vegetação ser aberta. O relevo é caracterizado por mares de morros e a região é rochosa. O solo é lixiviado, avermelhado e pobre em minerais.

O Cerrado predomina no Brasil central, ocorrendo também em pequenas áreas em outras regiões do país. Depois da Amazônia, é o segundo bioma do Brasil em extensão. O bioma cerrado ocupa 57% da vegetação mineira e 23,92% do Brasil. Representa uma formação campestre que é constituída por tipologias de vegetação aberta.

Não foram avistados muitos animais, devido às condições físicas e climáticas do local. As árvores espaçadas provocam uma maior incidência solar, dificultando a permanência de animais homeotérmicos, que sofrem com a desidratação. Por esse motivo, a fauna predominante é de animais heterotérmicos, que possuem pele grossa, normalmente escamosa ou encouraçada, não sofrendo com a desidratação. A vegetação espaçada proporciona também maior vulnerabilidade, portanto a fauna em sua maioria animais de pequeno e médio porte, que conseguem se camuflar no ambiente e se locomover rapidamente, sendo um modo de se proteger de possíveis predadores. Foram vistos insetos, aracnídeos e aves, provavelmente nesse ambiente podemos encontrar animais como répteis e animais homeotérmicos de pequeno porte com hábitos noturnos, como roedores, tatus e outros pequenos e médios mamíferos.

P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

F

Podemos dizer que a imagem a acima se refere ao domínio morfológico Cerrado. Nela encontramos características físicas do cerrado, que são elas as árvores com troncos e galhos retorcidos, cascas grossas, folhagem pouco densa, folhas ásperas, raízes profundas. A localização e o clima são propícios ao desenvolvimento e sobrevivência desse bioma altitude de aproximadamente 835 metros acima do nível do mar, a região do Cerrado possui clima bastante regular, classificado como continental tropical semiúmido (Tropical Sazonal).

P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

Parada 2


Na parada 2 observamos que é uma mata de transição entre o Cerrado e a Mata Atlântica, predominando a Mata Atlântica que é um bioma que ocupa toda a faixa continental atlântica leste brasileira e se estende para o interior no Sudeste e Sul do país.

A vegetação nesta parada era mais densa, com árvores de médio e grande porte, cujas copas eram fechadas e suas folhas eram perenes e mais verdes. A mata ficou mais fechada, impedindo uma grande incidência solar. No clima percebemos que as árvores de grande porte formaram um microclima na mata gerando sombra e umidade. Já no solo vimos que sua coloração era mais escura, com uma grande quantidade de matéria orgânica em decomposição. O relevo se tornou mais regular, com uma quantidade menor de morros.

O ambiente úmido de mata fechada é propício à fixação de animais de pequeno e médio porte, tanto homeotérmicos, como heterotérmicos. Foram observados vestígios de animais e espécies de artrópodes, mamíferos, répteis e aves, apresentando uma grande biodiversidade. Entre os animais vistos estão micos, borboletas, formigas, aranhas, cupins, lagartas, jacus, passarinhos e besouros.


T
Na imagem acima vemos a transição entre o Cerrado e a Mata Atlântica. Podemos identificar características tanto Cerrado quanto da Mata Atlântica, a vegetação se torna um pouco mais densa, há diminuição da incidência solar, a vegetação fica mais verde, o clima mais úmido e o solo mais escuro, com presença de matéria orgânica em decomposição no solo. As copas das arvores se tornaram mais densas e as folhas maiores.


P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

Parada 3


A parada 3, ao ver do grupo, era uma região de transição entre o Cerrado e a Mata Atlântica também, pois apresentava características desses dois biomas brasileiros. Por esse motivo, a vegetação desta parada era caracterizada por árvores de pequeno e médio porte com troncos retorcidos, típicas do Cerrado, e árvores de grande porte, com copas fechadas e mais próximas, que são observadas na Mata Atlântica. Também foi observado o aparecimento de bambuzais nos arredores. Na percepção do grupo, o clima de região dessa parada era bastante quente e úmido, características do clima tropical.

A fauna da região era diversificada, apresentando espécies de artrópodes, aves, mamíferos e anfíbios. Nesta parada foi observada a primeira aparição de elementos hidrográficos, que era um pequeno riacho. O solo da região, na percepção do grupo, era escuro e fértil, devido à sua riqueza em matéria orgânica.

G
Na imagem acima podemos concluir que se trata do domínio da Mata Atlântica, devido ás características morfoclimáticas. Seu solo é em geral bastante raso, pouco ventilado, sempre úmido e recebe pouca luz, pois a maior parte da luminosidade é absorvida pelas folhas das árvores mais altas. Trata-se de um solo pobre mas que tem a fertilidade garantida pela existência do que se chama serapilheira: uma camada com restos de vegetação, como folhas, caules e cascas de frutos que cobrem a superfície do solo.


5 - TRABALHO COM IMAGENS: Observe a ilustração apresentada a seguir.


1. Na sua opinião a imagem abaixo se parece com alguma das paisagens observadas em campo?

R.: Sim. Se parece com a paisagem observada na Parada 1.

Justifique sua resposta

R.: A paisagem da imagem representa o Cerrado, bioma observado na parada 1.


2. Descreva a partir das anotações e da análise da imagem as semelhanças observadas (descreva os aspectos geográficos e biológicos da paisagem observada)

R.: O Cerrado (apresentado na imagem e na parada) tem como característica árvores de pequeno e médio porte com troncos retorcidos e de pouca espessura. Outra semelhança é a presença de vegetação rasteira e o grande espaçamento das árvores. O solo irregular também está presente.

P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

Ilustração 01:

Jh
F








P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

TRABALHO COM IMAGENS: Observe a ilustração apresentada a seguir.


1. Na sua opinião a imagem acima se parece com alguma das paisagens observadas em campo?

R.: Não

Justifique sua resposta

R.: A imagem representa o bioma dos Pampas, que não foi observado em nenhumas das paradas.


2. Descreva a partir das anotações e da análise da imagem as semelhanças observadas (descreva os aspectos geográficos e biológicos da paisagem observada)

R.: -


Ilustração 02:

Gfgdfd




TRABALHO COM IMAGENS: Observe a ilustração apresentada a seguir.


1. Na sua opinião a imagem acima se parece com alguma das paisagens observadas em campo?

R.: Não

Justifique sua resposta

R.: A imagem representa o bioma da Caatinga, que não foi observado em nenhumas das paradas.

2. Descreva a partir das anotações e da análise da imagem as semelhanças observadas (descreva os aspectos geográficos e biológicos da paisagem observada)

R.: -


Ilustração 03:

TRABALHO COM IMAGENS: Observe a ilustração apresentada a seguir.


1. Na sua opinião a imagem acima se parece com alguma das paisagens observadas em campo?

R.: Sim. Se parece com as paisagens observadas nas paradas 2 e 3.

Justifique sua resposta

R.: A paisagem apresenta características observadas em regiões em que há predomínio do bioma da Mata Atlântica, estas também observadas nas paras 2 e 3.


2. Descreva a partir das anotações e da análise da imagem as semelhanças observadas (descreva os aspectos geográficos e biológicos da paisagem observada)

R.: A Mata Atlântica (observada na imagem e nas paradas) tem como características a presença de florestas densas com árvores de médio e grande porte, latifoliadas, com troncos espessos e copas fechadas. O solo é fértil e escuro.

Ilustração 04:

Wytwuyqy
G


P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); widows: 2; orphans: 2; }P.western { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: "Times New Roman"; font-size: 12pt; }P.ctl { font-size: 12pt; }A:link { color: rgb(0, 0, 255); }

6- Leia os conceitos apresentados a seguir e cole abaixo deles uma fotografia identificada e retirada em campo. Ao lado justifique a escolha da respectiva fotografia.

  • ESPÉCIE - é o conjunto de indivíduos semelhantes (estruturalmente, funcionalmente e bioquimicamente) que se reproduzem naturalmente, originando descendentes férteis.

Ttwrytew

Essas imagens foram selecionadas para exemplificar o conceito de espécie. Em cada imagem, temos um indivíduo; cada um possui características que são comuns a qualquer outro da mesma espécie, como a pelagem, a coloração, a folhagem e habitat.



  • POPULAÇÃO - é o conjunto de indivíduos de mesma espécie que vivem numa mesma área e num determinado período.

Wywtyywwww

Essas imagens representam populações de Orelhas-de-pau, micos, bambu e liquens, respectivamente. Podemos dizer que nessas imagens temos grupos de indivíduos de uma mesma espécie.



  • COMUNIDADE OU BIOCENOSE - é o conjunto de populações de diversas espécies que habita uma mesma região num determinado período.

Ytyy

Escolhemos a imagem acima porque nela temos a presença de diversas populações de espécies de vegetais, sendo assim uma comunidade.



  • ECOSSISTEMA OU SISTEMA ECOLÓGICO - é o conjunto formado pelo meio ambiente físico ou seja, o BIÓTOPO (formado por fatores abióticos - solo, água, ar) mais a comunidade (formada por componentes bióticos - seres vivos) que com o meio se relaciona.

Wywttyyw

Essas imagens explicitam a relação entre fatores bióticos e abióticos no ambiente, comunidades de seres vivos interagindo com fatores como solo, rochas, água, ar. Sendo assim em cada imagem podemos ver um exemplo de ecossistema.



  • HABITAT - é o lugar específico onde uma espécie pode ser encontrada, isto é, o seu "ENDEREÇO" dentro do ecossistema.

Em ambas as imagens, podemos observar a moradia, ou seja, o local onde determinado ser vivo vive ou pode ser encontrado.

Hfxd

NICHO ECOLÓGICO - é o papel que o organismo desempenha no ecossistema, isto é, a "PROFISSÃO" do organismo no ecossistema. O nicho informa às custas de que se alimenta, a quem serve de alimento, como se reproduz, etc.

Hsss

Nas imagens acima podemos observar animais realizando atividades, como a alimentação, de que se alimentam (néctar, folhas e frutos, respectivamente) e a área em que realizam essas e outras atividades.


'E'CÓTONO - é a região de transição entre duas comunidades ou entre dois ecossistemas. Na área de transição vamos encontrar grande número de espécies e, por conseguinte, grande número de nichos ecológicos.

Tu

A imagem acima é um exemplo de ecótono, pois ela ilustra claramente o conceito de ecótono, o encontro de dois ecossistemas (o riacho e a terra, a mata) e a transição entre eles.





  • BIOTÓPO - Área física na qual os biótipos adaptados a ela e as condições ambientais se apresentam praticamente uniformes.

Thtrtrdtyt

Na imagem acima, vemos uma área com espécies vegetais semelhantes, adaptadas às condições ambientais.



  • BIOSFERA - Toda vida, seja ela animal ou vegetal, ocorre numa faixa denominada biosfera, que inclui a superfície da Terra, os rios, os lagos, mares e oceanos e parte da atmosfera. E a vida é só possível nessa faixa porque aí se encontram os gases necessários para as espécies terrestre e aquáticas: oxigênio e nitrogênio.

56554654

Nessa imagem podemos observar a presença dos fatores que compõe uma biosfera, que permitem a ocorrência da vida. Nesse ambiente temos gases que constituem a atmosfera, a hidrografia (riacho), solo e vegetação.


  • BIOMA é uma área do espaço geográfico, com dimensões de até mais de um milhão de quilômetros quadrados, que tem por características a uniformidade de um macroclima definido, de uma determinada formação vegetal, de uma fauna e outros organismos vivos associados, e de outras condições ambientais, como a altitude, o solo, alagamentos, o fogo, a salinidade, entre outros. Estas características todas lhe conferem uma estrutura e uma funcionalidade peculiares, uma ecologia própria

Ytyy


Esta imagem representa o bioma da Mata Atlântica, pois se estende uniformemente por uma área bastante extensa, apresentando características morfoclimáticas semelhantes, solo com uma camada fértil chamada serapilheira, arvores de médio e grande porte, vegetação perene, grande quantidade de musgos, clima úmido e uma grande variedade de espécies.


CONCLUSÃO


Ao finalizarmos o trabalho de campo e as atividades propostas pelos professores, pudemos estudar a fundo as características dos biomas Cerrado e Mata Atlântica, aprendendo, assim, suas características morfoclimáticas. Aprendemos sobre os conceitos biológicos e como reconhecê-los. Fizemos observações consideráveis que podemos levar para a vida toda.










Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória