FANDOM


Relatório das paradas.Editar

  • ====Parada 1:  Na primeira parada observamos grande quantidade de gramíneas, árvores contorcidas, não muito altas e separadas,além de uma grande biodiversidade vegetaal. Por isso, analisando a paisagem(ver imagem),deduzimos que se tratava de uma paisagem do Cerrado. Esse domínio possui alta biodiversidade, embora menor que a mata atlântica e a floresta amazônica. Nas regiões onde o cerrado predomina, o clima é quente e há períodos de chuva e de seca, com incêndios espontâneos esporádicos, com alguns anos de intervalo entre eles, ocorrendo no período da seca. A vegetação, em sua maior parte, é semelhante à de savana, com gramíneas, arbustos e árvores esparsas. As árvores têm caules retorcidos e raízes longas, que permitem a absorção da água - disponível nos solos do cerrado abaixo de 2 metros de profundidade, mesmo durante a estação seca do inverno. Mesmo o Cerrado sendo caracterizado por ter grande biodiversidade animal, não vimos muitos deles, por isso tiramos a conclusão de que os animais desse bioma são, predominantemente, noturnos.====
  • ====Parada 2 (área de transição): Nessa parte notamos que o solo começou a ficar mais escuro e mais úmido. O clima era bastante pumido e por isso havia grande quantidade de musgo. Vimos também maior número de animais como micos, pássaros e insetos. As árvores também tinham grandes copas, eram altas e tinham folhas verdes. Características que mostram uma transição entre Cerrado e a Mata Atlântica.====
  • ====Parada 3 (mirante): Quando observamos a área total de todo o parque por meio de um mirante, observamos que há um alto relevo nessa área, que são características dos biomas dessa área. àlem do relevo vimos uma vegetação densa e de copas grandes e muito verdes. Também percebemos que a vegetação foi ficando mais rala, á medida que o relevo aumentava (no topo dos morros). O bioma que nós pudemos ver nessa parada foram ambos o Cerrado e a Mata Atlântica.====
  • ====Parada 4 (descida da serra em direção á cascatinha):  Nesse caminho, percebemos o clima úmido, a grande biodiversidade, um solo úmido, formações rochosas que chamavam a atenção( ver fotos). Essas características são do domínio tropical da Mata Atlântica, porém havia um bambuzal que mesmo sendo comum de áreas tropicais, não é típico dessa área o que mostra uma espécie exótica, que foi introduzida á esse bioma. A Mata Atlântica é uma formação vegetal que está presente em grande parte da região litorânea brasileira. Ocupa, atualmente, uma extensão de aproximadamente 100 mil quilômetros quadrados. É uma das mais importantes florestas tropicais do mundo, apresentando uma rica biodiversidade. É um grande centro de endemismo e suas formações vegetais são extremamente heterogêneas, indo desde campos abertos em regiões montanhosas até florestas chuvosas perenes nas terras baixas do litoral.====
  • ====Parada 5 (parada da cascatinha): as características do domínio morfoclimático se mantiveram, vimos árvores altas, de caules grossos, próximas, com grandes copas e de folhas verdes. A biodiversidade tanto animal quanto vegetal era grande, a temperatura era alta e o solo úmido. A pressão atmosférica também tinha aumentado, como pudemos perceber. Como havia muitos animais ativos aquela hora, o que não vimos no Cerrado, concluimos que no bioma dessa área, a Mata Atlântica, há muitos animais diurnos.====

Conteúdo do cabeçalho Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória